sábado, 30 de abril de 2016

Quem fez isso?

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Prefeitura implanta calçadas verdes para ampliar espaço dos pedestres

Urbanismo

Prefeitura implanta calçadas verdes para ampliar espaço dos pedestres

02/03/2016 14:36:00
Rádio Prefeitura
Radio Prefeitura
Prefeitura implanta calçadas verdes para ampliar espaço dos pedestres
A Prefeitura de Curitiba começou nesta semana a implantação das calçadas verdes em cinco cruzamentos, dentro da chamada Área Calma, que possui limite de velocidade para veículos fixada em 40 km/hora. As calçadas verdes são ampliações das áreas de calçadas tradicionais, com pintura feita com tinta verde e branca, além de balizadores presos ao piso. Desta forma, a expansão das calçadas é feita de forma rápida e econômica, sem a necessidade de obras mais complexas.
Segundo o diretor de Engenharia da Setran, Maurício Razera, as calçadas verdes permitem uma linguagem de fácil identificação, não conflitando com outras cores já previstas no Código de Trânsito Brasileiro. “Estamos atentos à segurança viária e a melhoria da qualidade de vida. Nessa região, já tivemos vários benefícios, tais como novas sinalizações de trânsito, requalificação de ramal cicloviário, construção de ilhas calmas, implantação de vagas vivas, novos semáforos para pedestres, aumento de tempos para pedestres em semáforos existentes, substituição de estruturas semafóricas antigas, instalação de paraciclos, novas guias rebaixadas para acessibilidade, novas feiras e faixas exclusivas de ônibus”, disse Razera.
O projeto das calçadas verdes foi desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) em parceria com a Secretaria de Trânsito (Setran) e que também conta com o apoio das secretarias de Meio Ambiente, Obras Públicas e de Governo Municipal. “De uma forma simples, rápida e inteligente, obtemos a requalificação do espaço urbano, sempre buscando a valorização e proteção do pedestre”, destaca o engenheiro Márcio Augusto de Toledo Teixeira, coordenador de Mobilidade Urbana e Transportes do Ippuc, setor responsável pela elaboração do projeto.
A inspiração do projeto veio de cidades como Nova York e Buenos Aires, que também buscam a requalificação do espaço urbano e o incentivo aos deslocamentos a pé. Os profissionais do Ippuc receberam apoio técnico dos especialistas de Buenos Aires que, por sua vez, foram apoiados pela prefeitura de Nova York. O intercâmbio de experiências e tecnologia foi possível porque as três cidades integram o Grupo C40 de Grandes Cidades para Liderança do Clima – e projetos como este, que incentivam os deslocamentos a pé, são prioritários para esta rede de cidades.
Implantação e informação
Na noite de terça-feira (1º) foi realizada a pintura com tinta verde. Na sequência, a pintura será finalizada com tinta branca e serão implantados os balizadores que protegem as calçadas verdes. Os cinco primeiros cruzamentos de Curitiba a receber as calçadas verdes são: Rua Carlos de Carvalho com Alameda Cabral; Rua Cândido Lopes com Rua Ébano Pereira, perto da Biblioteca Pública do Paraná; Rua Cândido Lopes com Avenida Marechal Floriano Peixoto, junto à Praça Tiradentes; Rua Inácio Lustosa com Rua Mateus Leme; e Rua Inácio Lustosa com Avenida Cândido de Abreu.
Ao mesmo tempo em que realizam a implantação do projeto, técnicos da Setran e do Ippuc estão distribuindo folhetos explicativos nos cinco cruzamentos com o propósito de orientar a população. Alguns cruzamentos também vão receber novas faixas de pedestres, rebaixamento do meio fio para assegurar a acessibilidade e nova sinalização vertical. Futuramente, também poderão ser instaladas floreiras e outros equipamentos públicos nesses locais.